sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Yóga ? ficar sentadinha (o) sem me mexer fazendo OM ! ! ??..!

A maioria de nos, levamos uma vida bastante sedentária, apesar de tantas atividades.
Seus movimentos em casa, no trabalho, na rua, comendo ou dormindo, ficam reduzidos a um ciclo pouco variado de movimentos e posturas corporais.

Você já olhou hoje para o seu corpo ? Como seu corpo se mexe?
São sempre os mesmos músculos que se  articulam, enquanto partes do corpo ficam à margem dessas ações do dia a dia. Alguns de nossos músculos quase nunca são acionados.

E quanto a nossa respiração ? Como ela está? Tem ritmo ? É tranquila todo o tempo ? É acelerada ? Eu percebo que respiro, como respiro ?  Pelo nariz ou pela boca ?
Tomar consciência da própria respiração e do próprio corpo é a primeira proposta do Yóga. Do Yóga Clássico.

No Yóga, de forma gradativa e consciente, propomos exercícios, todos com base na respiração. Ásanas (em sânscrito) exercícios que mexem com músculos, articulações e órgãos  que raramente  são movimentados. Alguns exercícios de respiração, a própria tomada de consciência da mesma, os movimentos orientados com a base da inspiração ao alongar alguma parte do corpo  e expiração ao fletir a mesma parte do corpo, acordarão um conjunto de vísceras, promoverão massagens naturais, outros flexionamentos que diminuirão rigidez trarão serenidade e relaxamento á músculos, articulações, tendões.Esta mudança constitui verdadeira fonte de auto- conhecimento corporal e de bem estar.

Espreguiçar-se de forma lúdica, leve,  consciente depois de horas de sono, ou de trabalho sedentário também representa autêntico prazer.

Cada um dos exercícios propostos em aula formará uma unidade completa e, quando executado com suavidade, serenidade, com bom senso e ponderação, dentro da realidade de cada praticante, produzirá equilíbrio e efeitos muito salutares.

Para os que ainda pensam que Yóga é sentar-se em uma posição de "yógue" e ficar falando Om,a prática dos exercícios do, Yóga ajudará a afastar a sensação que tantos de nós percebemos através do corpo, de "peso". Então o "peso" será liberado dos nossos sistemas corporais.

Somos liberados dos efeitos do frio, do catarro, do calor excessivo, do reumatismo, e de outras tantas doenças.


Mexeremos, com a circulação de sangue, de plasma, de linfa. Mexeremos com nossa própria natureza, com nossa personalidade, tomaremos real consciência de nossos comportamentos, através da prática do Yóga.

É isto, experimente algo diferente no seu dia a dia.
Faça algo diferente do que tem feito até então.

O meu convite está feito !

Mesmo que seja para ficar só um pouco mais informado sobre Yóga.

Venha praticar Yóga de verdade !

Obrigada por sua atenção !

NAMASTE !





domingo, 28 de agosto de 2016

EXERCÍCIO DA RESPIRAÇÃO COMPLETA



O que o Yóga ensina há mais de 5 mil anos agora está sendo aceito pela medicina Alopática. Hoje a ciência comprova que exercícios de respiração reduzem níveis de ansiedade e ajudam no tratamento de inúmeras doenças.


Novos estudos demonstram a ação da RESPIRAÇÃO COMPLETA no Sistema Nervoso Autônomo que modula as funções vitais involuntárias como a temperatura do corpo, apressão arterial.

Este Sistema está dividido em 2 :


O SISTEMA NERVOSO SIMPATICO que entra em ação nas situações de alerta, disparando substâncias, que aumentam a frequência cardíaca, a pressão arterial.
O SISTEMA PARASIMPATICO  que faz o oposto levando o corpo de volta para seu estado natural.


Das funções coordenadas por este sistema a única que pode ser  controlada é a RESPIRAÇÃO.
Por isso médicos já estão indicando os movimentos da RESPIRAÇÂO do YÓGA para diminuir os sintomas de pânico, amenizando dores crônicas e tratar a hipertensão.


Da mesma maneira que a respiração alta e rápida, acelerada pode desencadear uma crise de pânico,uma RESPIRAÇÃO LONGA, SERENA E PROFUNDA, apenas pelas narinas acalma  e reduz a ansiedade e estresse.


Na medida em que você também se conscientizar do valor deste exercício que orientaremos abaixo, RESPIRAÇÃO COMPLETA DO YÓGA CLÁSSICO, respiração por ambas as narinas, cada vez mais longa, serena e profunda você sentira vontade de praticar com regularidade.


Você perceberá claramente que "você é capaz de ficar tranquila(o), alegre, animada(o), saudável, mais corajosa(o), mais confiante e feliz.

BOA PRÁTICA !

RESPIRAÇÃO BAIXA :


Deite-se em um local tranquilo, em cama, ou mesmo no chão com boa forração para evitar friagem.
Pernas dobradas separadas ou juntas, pés apoiadas no chão. 
Mãos abaixo do umbigo com as pontas dos dedos médios se tocando. 
Feche teus olhos suavemente.
Relaxe a musculatura do rosto.
Agora inspire,contando mentalmente até 4, suavemente só pelas narinas,sem puxar o ar, de forma silenciosa, serena).
Sinta a expansão lateral  dos músculos abdominais.Sinta que os dedos médios se separam sem que você faça nada neste sentido.Retenha o ar inspirado pelo tempo que lhe for confortável.
Expire por ambas as narinas, também contado mentalmente até 4 sinta a expansão lateral dos músculos abdominais. Sinta que os dedos médios se separam sem que você faça nada para isto.Retenha o ar inspirado o tempo que lhe dor confortável.Quando quiser expire também por ambas as narinas até murchar todo o abdome,perceba que as pontas dos dedos médios voltam a se tocar sem sua interferência.
Faça esta respiração o quanto lhe for confortável.Agradável

RESPIRAÇÃO MÉDIA :


Agora suas mão pousam na altura de suas costelas, de novo os dedos médios se tocando.
Inspire, silenciosamente contando mentalmente até 4. Retenha o ar inspirado dentro do confortável para você.Quando quiser, expire pelas narinas, até sentir
que o seu abdome se contrai todo para dentro.
Perceba os dedos médios se tocando sem que você interfira para isto.
Faça esta respiração quanto lhe for confortável. Agradável.

RESPIRAÇÃO ALTA :


Agora com as mão acima do peito, uma de cada lado da lateral do seu peito.
Novamente com os dedos médios se tocando, inspire por ambas as narinas contando mentalmente até 4, sentindo o abdome inflar e o ar indo até a parte dos pulmões. Retenha o ar o quanto lhe for confortável.Expire pelas narinas até murchar o abdome completamente, continue contando mentalmente até 4.


Faça esta pratica pelo tempo que quiser. Assim que concluir, estique-se, espreguice o mais suave, lúdico e espontâneo que conseguir.

Permaneça quieta (o), só percebendo-se de dentro para fora.


Faça esta prática diária por 5 minutos.Com disciplina e constância a pratica se tornará cada vez mais fácil.Consciente.


Faça-a também durante seus afazeres, quando você está em pé,sentada(o), mesmo deitada(o) ou em lazer.


Esta prática da RESPIRAÇÃO COMPLETA DO YÓGA te dará apoio interior e te acalmará.
Ao invés de respirar de maneira superficial você respirará de maneira consciente e completa.
Além de aumentar o oxigênio em você, aumentará também a entrada de PRANA (ENERGIA VITAL) no seu corpo o que fará com que você se sinta revitalizada(o) e tranquila (o).
Através da RESPIRAÇÃO COMPLETA e consciente você melhorará em muitos outros aspectos, nervoso, emocional e psíquico.


Sua pele rejuvenescerá porque você passara a dormir melhor, o sangue circulará melhor em suas veias, artérias.

Você terá mais disposição física e mental.Beneficiará seu corpo e enriquecerá seu cérebro.

EXPERIMENTE !

COMECE A PRATICAR E A TRANSFORMAÇÃO ACONTECERÁ !

Obrigada. Muito Obrigada por sua atenção !

NAMASTE !



sábado, 27 de agosto de 2016

OS SETE RAMOS DA FRONDOSA ÁRVORE DO YÓGA CLÁSSICO !

Dentro do Yóga clássico existem diversos caminhos ou ramos. Todos tem a mesma finalidade: tranquilizar, serenar a mente e após, atingir a felicidade !

Em toda a India só existem sete ramos clássicos do Yóga. Qualquer pessoa que escolha ou siga um destes sete descobrirá a felicidade, a paz interior.

O primeiro ramo que chegou ao ocidente foi o Hatha Yóga.
No Brasil o Hatha Yóga chegou pelas mãos do Professor Caio Miranda, no final dos anos 1940 e aqui se estabeleceu até os nossos dias.

HATHA YÓGA - Possui características específicas,com exercícios respiratórios(pranayamas),de relaxamento(nidra),exercícios suaves de alongamentos (ásanas)e de flexibilidade, exercícios para renovação, movimentação e desbloqueios das energias interiores(mudras),para concentração (dyana) e outros.
Importante dizer que todos podem praticar o que é proposto em aulas, desde que se tenha ponderação, moderação e bom senso,qualquer pessoa de qualquer idade.Recomendamos sempre que sejam respeitadas as condições somatológicas(emocional,nervosa e psicológica),biológicas e anatômicas de cada praticante.

RAJA YÓGA - É considerado o ramo mais elevado de todos e foi codificado há mais de cinco mil anos, por Sri Patanjali.O Raja trata sobre a mente e suas capacidades de percepção mais profunda, sobre clarividência, clariciência,clariaudiência e muitas outras potencialidade mentais.Neste ramo o praticante pode ser levado a despertar suas faculdades mentais, desde que siga as orientações estruturais corretamente.Importante dizer o ideal é que a pessoa interessada no Raja Yóga passe, antes por praticas do Hatha Yóga,constantes e disciplinadas,com muita seriedade por anos seguidos.

JNANA - É o ramo que trata sobre filosofia em seu estado mais absoluto, mais puro.O Jnana Yóga mostra as possibilidades da vida, até mesmo a existência a partir de análise mais amplas e profundas , mostrando  como o conhecimento pode nos ajudar no dia a dia.O Jnana Yóga é capaz de gerar novas visões e novas possibilidades.

KARMA YÓGA - Na India o Karma Yóga trata sobre as ações e reações das atitudes das pessoas, as causas e efeitos de tudo que qualquer pessoa faça em sua vida.





YÓGA PARA GESTANTES



No YÓGA PARA GESTANTES os exercícios(asanas) e movimentos são mais leves e suaves. Alguns são específicos.Durante a gestação,não há posturas de muito esforço, de compressão abdominal ou de respiração acelerados.Há foco no trabalho com a Coluna Vertebral, com o fortalecimento dos neuro-músculos das costas.

Fortalecimento dos músculos do períneo(grupo de músculos que fica na base da pelve),da região pélvica e os músculos abdominais pois estes precisam de fortalecimento para a gravidez.

Focamos a atenção nos  exercícios respiratórios(pranayamas), para que estes se transformem na sustentação para o parto e pós parto.
Trabalhamos para aliviar as tensões e melhorar a circulação sanguinea, plasmática e sinovial.

Trabalhos articulares são sempre bem vindos e movimentar o corpo, alongá-lo e fortalece-lo com as posturas trarão benefícios para a saúde da mãe e do bebe.Para que ambos passem por este período de forma saudável, serena e harmoniosa.

A prática do YÓGA  traz benefícios para a parte física e também energética. Isso se dá através dos centros energéticos(Tchakras), das ramificações dos canais (nádis) que são os condutores de energia para todo o corpo.A  ativação destes canais, através de movimentos e de exercícios gera sensação de bem estar para todos os praticantes.

O Hatha Yóga atua na parte nervosa, emocional e psíquica por ser trabalho repetido de respiração, concentração e relaxamento e com as repetições dos exercícios todos, mais avançamos na técnica e assim "mexemos" com esta somatologia.

Para as Gestantes,seus benefícios podem se prolongar muito tempo depois do parto.Quanto a respiração suave e profunda é usada para fortalecer  o assoalho pélvico e manter sua energia equilibrada enquanto se adapta às exigências do novo estado.

Se a gestante está bem, cuidando da saúde física e mental o bebe fica em paz também. Tudo o que a mamãe sente o bebe também sente.

Nos movimentos da prática de Yóga, o bebe é igualmente beneficiado, acalmado. Nos exercícios respiratórios o bebe recebe um aporte maior de oxigênio,de prana e de nutrientes. 

No Savasana(postura de relaxamento), na meditação,há maior conexão entre a mamãe e seu bebe e neste momento é possível  ela conversar mentalmente com ele, enviando mensagens amorosas, positivas, já emitindo as boas vindas para sua chegada ao mundo. 

O trabalho é ainda mais completo se o papai estiver junto em todo o processo, seja na prática de exercícios físicos(asanas), nas práticas de respiração(pranaymas) ou mesmo nas mentalizações,no relaxamento(nidra) e também no momento do parto.


Com profundo respeito e humildade,agradeço a todas as grávidas que acompanhei ao longo deste meu caminho como Profª de Hatha Yóga, aprendi muito com elas, com todas elas, e agradeço de coração !

Namaste queridas !Namaste! 

Quatro leis espiritualistas !


A primeira lei diz: " A pessoa que vem é a pessoa certa." Ninguém entra em nossas vidas por acaso.Todas as pessoas ao nosso redor,interagindo conosco,têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação.

A Segunda lei : "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido". Nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido diferente.Não há nenhum"se eu tivesse feito tal coisa" ou "se eu tivesse falado tal coisa".. . Não. O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente.

A Terceira lei : "Todas vez que você iniciar alguma coisa é o momento certo". Tudo começa na hora certa,nem antes e nem depois.Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, aí é que as coisas acontecem.

A Quarta e última lei : "Quando algo termina, termina mesmo". Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para nossa evolução. Por isso é melhor sair, ir em frente e se enriquecer com a experiência. Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se este texto vem a nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado. Nem coisa nenhuma. 

NAMASTE !




domingo, 17 de abril de 2016

TITABADRASANA OU NAMASKARA MUDRASANA

Esta explicação se dá por inúmeros pedidos de minhas alunas e alunos.


Esta é a saudação com a qual abrimos todas as nossas práticas, onde quer que eu de aulas e a possa executá-la com o cuidado e respeito que merece.


Me foi passada pelo primeiro Professor de Hatha Yóga a quem procurei,nos idos de 1989, quando eu ainda era uma aluna praticante desta milenar arte, e mais tarde confirmada e mais esclarecida por um dos tantos Mestres desta minha atual vida,em meu curso de Formação de Yóga Clássico.Meu respeito e carinho Profº Claudio Duarte.

É saudação praticada no extremo sul da India. É uma das tradições dos Vedas.

Vamos a ela :

Base - pés juntos -Badakonasana ouBadakonamudrasana - ásana da borboleta. A grande elevação ao Deus Badra, o Deus das grandes oblações ou bençãos. Nesta posição dos pés em estado de Diana (recolhimento) profundo e interior, preparando-se para a benção.Isto pode se tornar um Puja (oferenda) o que no fundo também é uma oferenda.

Mãos no chão - Terra. Agradecemos ao Planeta Terra e a terra elemento,porque colhemos muito dela para nossa existência.Na sequencia e respeitosamente dirigimos nossa atenção, ao movimentar-nos aos Tchakras Muladhara relacionado ao elemento terra,Swadhistana relacionado ao elemento água,Manipura elemento fogo,Anahata elemento ar,Vishuda elemento éter.

No Padma mudra (mudra da flor de Lótus feito com as mãos) você se purifica novamente e abaixa a cabeça em humildade e eleva a cabeça e pede a energia Divina. Você agradece as entidades, as pessoas que você vê e que não vê.Você agradece a todas as Divindades que antecederam este processo todo. 
E você agradece a "neti neti" "O todo". Depois ao esticar a perna você se dobra em reverência a todo o ensinamento que lhe é passado e se prosta como uma (um) humilde praticante nato, em Sukasana (postura fácil), serena (o), pacífica(o) .

É isto. Respeitosamente.

 Namaste !

domingo, 14 de fevereiro de 2016


Como Arjuna, no bom combate !

Na prática do Hatha Yóga podemos tomar consciência quase que total de quem somos realmente.Nos deparamos com fantasmas perturbadores em forma de medos, ansiedade, insatisfação, irritações que nos sitiam, a cada passo, dificultando o desabrochar de sentimentos saudáveis.Se nos olhar-mos de fato perceberemos em nosso interior as heranças que procedem de velhas crenças que ressurgem e assombram os sentimentos saudáveis.

No Bhagavad Gita, Krishna adverte o discípulo Arjuna, quanto à necessidade de combater os vícios, estes adversários terríveis, que vivem no íntimo e impulsionam ao crime, à loucura, á impaciencia, à intolerância, irritabilidade.Parentes das virtudes, dos valores edificantes, dignificantes, eles devem ser enfrentados com coragem e valor em batalha continua no campo da consciência.O príncipe pandava, porém, reluta em destruir esses "familiares"que, de alguma forma, constituem o "seu" clã e fazem parte da sua vida.Nada obstante, o guru explica-lhe que, na maturidade, a sua idade adulta exige esse sacrifíco, por mais que lhe pareça dificil.

Explicarei como nos deparamos com os tais fantasmas, no Hatha Yóga. Em aula, ao permanecer em uma postura(ásana),podemos sentir qualquer tipo de sensação como incomodo,irritação, desconforto que minam a permanência no mesmo. Apenas observe-se sem emitir qualquer crítica ou auto-julgamento,só perceba-se de dentro para fora. Agindo assim,e com outras orientações dadas em aulas, trataremos de quebrar alguns paradigmas que até então estavam no comando do ser consciencial. 

Estes fantasmas são conteúdos conflitantes que se encontram no inconsciente, no subconsciente e consciente da atual personalidade, por onde transitam nos assombrando. No decorrer de um exercício físico(ásana) ou de uma prática respiratória(pranayama), busque a permanência no mesmo,inspirando suavemente por ambas as narinas, sem forçar seu corpo, apenas no seu rítmo, na sua melodia interior,respeitando seu corpo amorosamente,permaneça por seis ciclos ou um pouco mais.Permaneça cada vez mais em determinado exercício ou técnica respiratória de forma gradativa e graciosa,com refinamento,sem pressa. Descontraia seu corpo pouco a pouco.
Cada parte dele ou todo.Perceba as sensações, sentimentos que surgem atravéz de seu corpo no decorrer de cada exercício (ásana), que sentimentos eles dispertam em voce,que sensações,serenamente aprenda a lidar com cada um(a) deles (as).
Com disciplina, constância, voce aprenderá a lidar com os tais fantasmas do medo, irritações, insatisfações, ansiedades e com o tempo estes deixarão de te assombrar  até de existir.

Assim,seguramente,o processo de ascensão será melhor elaborado e surgirá a nova consciência mais lúcida, mais serena, assumindo com tranquilidade o comando da futura personalidade, segundo a vontade, a disciplina e constância e a proposta de mudança do seu condutor.

Convido voce a pensar sobre tudo isto, e claro praticar.

NAMASTE !